História

Em 1952 era fundado, aquele que seria a primeira experiência no ramo do Ensino Particular, da Congregação das Irmãs Servas da Sagrada Família, o Externato Nossa Senhora da Apresentação. Anos mais tarde, em 1974, era fundado o Externato São Miguel Arcanjo.

O Externato São Miguel Arcanjo, enquanto Escola Católica, está vocacionado para viver a sua missão de educar em espírito de família, conforme o nosso Ideário, onde se enquadra o carisma da fundadora, Irmã Purificação dos Anjos Silva.

O que unifica a nossa escola nas suas múltiplas relações entre os seus membros constituintes, é a difícil missão de educar, partilhada e dinamizada por todas as partes. Cada um, segundo a sua própria vocação: alunos, professores, funcionários e encarregados de educação.

A missão de “Educar em Família”, sendo um princípio fundamental da Congregação, é expressão de toda a estrutura das Escolas e demais Instituições onde estão presentes as Irmãs Servas da Sagrada Família.

É este belo e grande princípio, que envolve toda a função diretiva enquanto colegialidade e a participação dos leigos. Sem perder um modelo de gestão familiar, assente na participação de todos, percecionamos que a colegialidade gera uma maior implicação da Direção na tomada das decisões, que acabam por ser mais ponderadas, tendo em conta que a escola é uma entidade complexa: agiliza e facilita a continuidade dos planos e projetos; apresenta-se mais participativa em conformidade com o modelo de Comunidade Educativa; responde de forma mais eficiente às exigências da qualidade.

É neste contexto que emerge a importância da existência do nosso Regulamento Interno, indispensável à concretização dos nossos Objetivos. À Entidade Titular, caberá sempre a função reguladora e moderadora, definindo os objetivos, o governo do Externato, as prioridades e as estratégias.
O presente Regulamento Interno, atualização do anterior, com a duração de quatro anos, com enquadramento legal específico do Ensino Particular e Cooperativo integra e contextualiza as recentes orientações do Ministério de Educação à realidade do Externato, apresenta a caracterização da escola e o seu funcionamento orgânico.

Objetivos educacionais
Dimensão individual

1- Na dimensão individual o objetivo é educar na globalidade a pessoa, nos seus elementos constitutivos: biológico, intelectual, volitivo, afetivo e prático. Assim, procuram-se levar a cabo os seguintes objetivos:

a) Ajudar o aluno a descobrir um conceito positivo da sua dignidade enquanto pessoa, e faça uma opção responsável e participativa pela vida como valor fundamental;

b) Orientar na aquisição de hábitos intelectuais e de trabalho, bem como no domínio do conhecimento científico, humanístico e estético, capacitando o aluno para um diálogo construtivo com os outros e com o seu meio ambiente;

c) Despertar, capacitar e desenvolver a inteligência para assimilação sistemática e crítica da cultura e saberes, de forma adaptada ao desenvolvimento, idade, faculdades e opções próprias, de modo a que o aluno possa obter um conhecimento da Verdade e adesão à mesma;

d) Cultivar hábitos de discernimento e criatividade que permitam ao aluno enfrentar situações de mudança, atuando conscientemente e tomando decisões responsáveis;

e) Educar na aquisição de hábitos de trabalho e compromisso com a realidade que capacitem o aluno para um diálogo construtivo com o seu meio ambiente e para o exercício eficiente de uma atividade profissional.

Dimensão social

1- Na dimensão social, a nossa escola tem uma compreensão do mundo e da humanidade como um todo do qual o Homem é responsável. É, pois, seu dever colaborar, estabelecendo relações positivas de integração e convivência contribuindo para a transformação e melhoria da realidade:

a) Promover um diálogo de entendimento recíproco e como recurso criador de tolerância e concórdia numa cultura de paz;

b) Valorizar a instituição familiar como elemento imprescindível no diálogo educativo, de modo a que o aluno entenda a realidade família-escola como um todo;

c) Promover o sentido de justiça, fomentando a solidariedade e colaboração com todos, especialmente com os mais necessitados;

d) Incentivar atitudes de respeito pelas regras, pela convivência democrática e responsável no uso dos bens comuns e no usufruto da natureza e do meio ambiente.

Dimensão cristã

1- Na dimensão cristã, a nossa escola oferece a todos os membros da comunidade educativa e especialmente aos seus alunos, a possibilidade de fazer da sua vida um projeto cristão de acordo com a pessoa de Jesus Cristo e com a sua mensagem.

Nesta vertente cristã, a nossa ação encaminha-se segundo os objetivos seguintes:

a) Iniciar para o despertar na fé no Jardim-de-infância, através de metodologia própria e na vivência de celebrações festivas;

b) Forma gradualmente o aluno, a partir do primeiro ciclo no mistério da salvação e no crescimento da vida cristã, no respeito da sua liberdade, do seu ritmo e das opções sucessivas de maturidade e compromisso cristão;

c) Oferecer, a partir da comunidade escolar, uma experiência da comunidade cristã mais comprometida;

d) Convidar todos os seus membros à incorporação ativa na comunidade eclesial e ao compromisso fiel de transformação da sociedade segundo valores evangélicos;

e) c) Acolher a pessoa de Maria como modelo permanente de vida evangélica;

f) Oferecer a todos a oportunidade de viver e aprofundar a própria fé ao seu ritmo, ao nível da reflexão, celebração e experiência vivencial.

O ESMA fica situado na zona dos Olivais Norte, na Avenida Dr. Alfredo Bensaúde, na antiga Quinta da Barroquinha, 1849-029, Lisboa. (ver mapa)

Externato São Miguel Arcanjo